(16) 3353-7525
Seg à sex, 8h as 18h
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

28/03/2016

Qual a diferença entre luz quente e luz fria?

Desde os anos 30 existia a necessidade de classificar a tonalidade da luz que eram emitidas pelas lâmpadas. Para que isso fosse possível, foi desenvolvido um sistema chamado de temperatura de cor relata, capaz de classificar a cor de acordo com a temperatura.  A unidade de medida da temperatura de cor é o Kelvin (K). Quanto mais alta for a temperatura da cor mais clara é a tonalidade da cor da luz. Isso não está ligada ao calor físico da lâmpada e sim na tonalidade da iluminação. “A temperatura de cor é uma analogia entre a cor da luz emitida por um corpo negro aquecido até a temperatura especificada em Kelvin e a cor que estamos comparando.” Fonte: Wikipedia.

Muitas pessoas têm dúvida quanto a escolha da tonalidade de lâmpadas para cada ambiente. As lâmpadas hoje, além de ter seu objetivo principal, iluminar, tem seus quesitos estéticos, técnicos e gostos pessoais para que sejam escolhidas.  Sendo assim, seguem algumas informações para ajudar nessa escolha:

Existem diferentes nuances de cores. O branco quente, como é conhecido, é a luz de tonalidade amarela, uma lâmpada de temperatura entre 1000 e 4.000K, por exemplo, que tem por característica deixar o ambiente maior, sensação de conforto, bem-estar e relaxamento. São indicadas para quartos, salas de estar, sala de jantar, camarins. Esse tipo de iluminação tem a capacidade de manter as cores mais naturais.

O branco frio, lâmpadas com temperaturas acima de 5.000K, são indicadas em ambientes que dependem de maior poder de iluminação, como cozinhas, lavanderias, escritórios, empresas. É capaz de transmitir a sensação de limpeza, higiene, estimula o poder de concentração para a leitura e trabalho, que vão desde uma linha de produção até o trabalho doméstico. 

Erros de iluminação podem ser fatais, pois um local mal iluminado podem causar acidentes, falhas na execução de algum trabalho como em um setor de inspeção, por exemplo. Também pode tornar o ambiente introspectivo e desvalorizado. Ambientes comerciais devem sempre ser bem iluminados. A iluminação adequada valoriza os produtos expostos e a o aspecto visual da loja ou empresas. 

Outro ponto legal para a iluminação é entender a diferença dos pontos de luz. Essa diferenciação vai trazer resultados diferentes para cada proposta e ambientes. Segue abaixo as diferenciações de pontos de luz explicados em uma postagem por Ana Carolina Nogueira no site Delas.ig.com.br

 

Tipos de pontos de luz

Difuso: luz que não incide em um único foco direto. Essa técnica utiliza materiais e cores de boa reflexão para tornar a luz mais abrangente e menos ofuscante, o que suaviza as sombras. Para obter esse efeito, é preciso usar lâmpadas não aparentes.

Indireto: luz difusa mais restrita, que pode compor o ambiente com pequenos focos de luz, como arandelas e abajures. Em geral, são usadas luminárias não conflitantes com pessoas ou objetos. As arandelas podem ser usadas em espaços menores, como banheiros, lavabos e corredores.

Luzes dirigidas ajudam a destacar um ponto da decoração

Dirigido: luz proveniente de uma direção única e tem foco dirigido. Essa técnica se utiliza de refletores para dirigir o foco de luz. Luzes diretas devem ser direcionadas para objetos específicos, especialmente decorativos, como quadros, flores ou esculturas. Dessa forma, a luz não causa desconforto e valoriza as peças.

Wall washing: pontos de luz fixos dirigidos com spots ou embutidos no teto. Podem ser usadas ainda luminárias de chão embutidas ou projetores de pequeno porte fixados em pontos a distâncias iguais e que foquem a extensão da parede. O efeito se assemelha a um banho de luz na parede, daí o nome wall washing (em inglês). Esse efeito destaca a textura da parede e a valoriza a arquitetura.

Downlight: luz oculta, que evita o ofuscamento e aumenta o rendimento luminoso. As luminárias utilizadas nessa técnica são específicas para embutir em forros (como drywall, por exemplo) e possuem vários formatos.

Up light: luzes instaladas no chão e voltadas para objetos diretamente. É um artifício muito utilizado para iluminar elementos de um ambiente de forma vertical (árvores, arbustos, estátuas ou colunas).

Espero que tenham gostado dessas dicas. Até mais.

 

 

Fontes:http://delas.ig.com.br/casa/servicos/valorize-a-casa-com-a-iluminacao-correta/n1237508138467.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Temperatura_de_cor

http://www.stellatech.com.br/a-stellatech

 

  • Por: R$ 15,52
    Comprar

    Lâmpada Tubular T8 LED 60cm 10W 6500K Bivolt

    Confira a qualidade e os melhores preços da RJE Iluminaçao em Lampada Tubular T8 LED 60cm 10W 6500K Bivolt. Grandes marcas e descontos incriveis para grandes compras!

  • A partir de: R$ 65,83
    Comprar

    Lâmpada Super LED Bulbo 40W Branco Frio

    Grandes marcas e preços especiais de Lampadas voce so encontra na RJE Iluminaçao em Lampada Super LED Bulbo 40W Branco Frio. Preços especias para compras em maiores quantidades.